Carta a Kardec

Por Manoel Fernandes Neto


Caro amigo Allan Kardec

\"\"Hoje, aqui no Portal Nova Era continuamos seus alunos. Reunidos especialmente para lembrar sua obra maior. Nossa obra consoladora. Continuamos seus alunos, pois são nas suas palavras amorosas que vamos avançando, passo a passo, em nossa caminhada evolutiva. A sua assinatura que tomamos a liberdade de utilizar no logotipo deste site é a garantia de que somos sustentados pela sua obra.

Temos que admitir que, às vezes, somos indóceis, peraltas. Muitas vezes somos medíocres, pois não compreendemos como devíamos suas orientações, lições e exemplos.

Meu caro professor. Temos consciência de que você entende que ainda estamos em plena caminhada. E você nos lembra a todo o momento que o que vale é o esforço de cada um para a transformação íntima, acima das palavras e dos gestos.

Sabemos também o quanto difícil é estarmos no caminho do bem em um mundo de provas e expiações, tomado pelo egoísmo, pelo orgulho, pela vaidade e pelas coisas descartáveis. E por isso mesmo tão desigual; ainda tão apegado à matéria, esta nossa vestimenta provisória.

Sim, professor, o materialismo ainda resiste. Na ciência, na filosofia e até mesmo na religião.

Hoje ele tem uma forma sofisticada, sutil. O homem utilizou também sua inteligência para espalhar pelos grandes meios de comunicação o falso poder do ouro e dos prazeres excessivamente materiais.

Mas nem tudo é dor, você sabe professor. Lembramos sempre que o que move o ser humano é o progresso, e não os tesouros.

Sua obra é nosso estandarte. O Livro dos Espíritos espalha-se por todo o Brasil. De norte a sul. E leva ao mundo esta palavra de consolo: a vida não acaba.

Por vilas, morros, alamedas e avenidas. Por castelos e casebres, sociedades, centros e núcleos espíritas acolhem espíritos, encarnados e desencarnados, das mais diversas singularidades. A doutrina dos espíritos nos enche de alegria, de Paz e de ânimo para prosseguirmos apesar das vicissitudes. Fazemos a nossa parte utilizando as novas tecnologias para disseminar suas pesquisas e reflexões.

Professor Kardec, ao terminar esta carta que com certeza toma seu tempo precioso dedicado a missões por diversos outros mundos, afirmamos que vamos continuar seguindo seu exemplo de educador, levando a todos este ensino amoroso que nos traz a Falange do Espírito da Verdade, inspirada pelo governador da Terra, Mestre Jesus. Vamos continuar seguindo o exemplo da sua determinação em organizar "O Livro dos espíritos", que é e sempre será um amigo presente em todos os nossos momentos.

Muito obrigado, professor.

Texto redigido originalmente em abril de 2007, por ocasião dos 150 anos do Espiritismo – 18 de abril de 1857.

    


Continue no Canal
+ Manoel Fernandes Neto