Mudar, sonhar e viver.

\"\"

Fabricio Corrêa Gasparetto

Nossas vidas, cheias de tribulações e dificuldades, nos conduzem muitas vezes a pensamentos que nos reduzem como Espíritos, tornando nosso viver um mar de lamentações e infortúnios.

Geralmente, pensamos com uma visão muito limitada da vida e estes pensamentos limitados acabam por criar “hábitos” que nos fazem andar em círculos.

“Hábitos” nos conduzem a atitudes repetitivas e, quando estes hábitos são negativos e estacionários, inevitavelmente nosso dia a dia será repleto de sedentarismo, pensamentos ruins, medos, angústias e ansiedades.

O correto é vasculharmos dia a dia nossas vidas, com o intuito de termos melhor conhecimento de nós próprios, avaliarmos nossa mentalidade, nossas atitudes e, principalmente, conhecermos a causa destes hábitos enraizados.

Perceber quem somos, o que fazemos e como pensamos é o ponto inicial para as mudanças. A partir daí, vamos tentar mudar nossa mentalidade para melhor e, com isso, muitos hábitos serão remodelados para que nossas vidas passem a ser mais produtivas e mais gratificantes.

Daí a importância de aprofundarmos os estudos sobre a vida, imortalidade, reencarnação, porque isso nos trará uma nova visão cheia de confiança, fé, perdão, amor e transformará nosso caminho.

Este conhecimento, inevitavelmente, criará novos pensamentos, mais positivos e confiantes, pois acreditaremos que a vida nos traz um crescimento constante e infinito em inúmeros aspectos, e este novo modo de pensar visualizará sempre tudo como “um mar de oportunidades.”

Pensamentos positivos e confiantes nos levam a sonhar, acreditar nos nossos planos e objetivos, independentemente do que aconteça no caminho, acreditando que, se às vezes não acontecem as coisas que programamos, justamente é porque precisamos tomar outros rumos e aprender novas lições, para que nosso objetivo final seja alcançado.

Adversidades, com toda a certeza, não são problemas, mas sim aprendizado e preparação para que possamos concretizar o que nos propomos a fazer nas nossas vidas.

As adversidades são oportunidades para sairmos da zona de conforto. Podemos, graças a elas, reprogramar nossas vidas, buscar novas ocupações, trocar hábitos sedentários e negativos por exercícios físicos regulares, boas leituras, diálogos com a família, meditação, oração, técnicas de meditação, controle da mente.

A televisão é um importante meio de comunicação, mas a nossa ignorância dá audiência aos mais absurdos programas.

Devemos selecionar o que vemos e ouvimos, pois tudo programa nossa mente e, quando estamos desavisados, coisas ruins, torturantes e inúteis povoarão nossas ideias, engessando nossos pensamentos de forma muito negativa.

Atividades edificantes nos remetem a um novo panorama, uma nova ideia sobre a vida, levando-nos, automaticamente, à renovação íntima, que é a chama viva da resolução dos nossos problemas e a fonte de felicidade e realização.

Podemos e devemos reprogramar nossos pensamentos e nossas vidas.

Nunca viva sem sonhar; porque, se você viver sem sonhar, vai deixar de existir.

Mude para melhor, sonhe e viva a vida com alegria.

 


Continue no Canal
+ Doutrinas Públicas