Sigamos!

Edir Salete

A vida como a concebemos, para uns não passa de um tempo que varia de alguns anos e para outros algumas dezenas de anos, como se isso fosse suficiente para conquistar nosso aperfeiçoamento intelecto-moral.

Como tudo na Natureza é equilíbrio e harmonia, Deus não colocaria os seres inteligentes de sua criação a parte dessa Lei que é de Progresso lento e contínuo.

Vemos aqui e ali, a morte chegando sem alarde e ceifando vidas prematuramente, deixando na dor pais, filhos, irmãos e amigos !

Quedas financeiras, perdas de amizades e de moralidade, diante das ilusões do poder e do ter; incertezas e inseguranças de todos os níveis… Seres sofridos pela dor da falta do alimento, da moradia, do agasalho, dor pela exclusão, dor pela deserção, dor do abandono, do desamor, da falta de afeto… dor por não ter o suficiente para sobreviver e dor por não saber o que fazer com excesso do que se tem… enfim, a dor campeia em todos os níveis sóciopsicosociais…

Importante a reflexão nesses momentos: o que temos aprendido com as dificuldades da vida? O que a dor tem sido para nós, sinal de desespero, angústia ou de crescimento e aprendizado ?

Estamos no contexto da Lei Natural de Causa e Efeito, onde plantamos… e colheremos exatamente aquilo do que precisamos para nos educarmos.

Que nossos corações e mentes possam estar sintonizados com a Vontade Divina e que a vida como ela é, possa pulsar no compasso de nossos dias, servindo de bússola para nortear nosso saber, abrindo espaço para melhorarmos nossos sentimentos, pensamentos, atitudes, emoções e que no tempo curto ou longo dessa encarnação possamos nos apropriar dessa realidade que a ninguém exclui e a todos educa!

Leia mais textos da Edir:

{{edicoes}}


Continue no Canal
+ Edir Salete