Atitude interna

Alessandra Dietrich Viotti

Acho incrível como as coisas em nossas vidas mudam em questões de segundos. Você está enfrentando um problema ou talvez tenha alguma decisão a tomar, que está em stand by, mas você tem conseguido lidar com isso numa boa. Sua ansiedade, suas emoções estão controladas, com muito exercício de paciência, pois afinal você não tem como resolver rapidamente, mesmo. Mas de repente, dá um clique. Em uma conversa com alguém, ou, simplesmente, você começa a pensar um pouco mais sobre o assunto, e lá se vai a paz. E com ela as chances de fazer algo acertado. Pois com o desespero não se enxerga com clareza e não se veem as possibilidades de resolução que a vida traz.

Mesmo sabendo disso, por que nos deixamos levar por esta situação? Não conseguiremos domar nossa mente? Será que ela é mais forte do que nós?

Em muitos casos, sim. Algumas pessoas se deixam dominar completamente e não conseguem sair disso por muito tempo, até que algo lhes aconteça e as tire desse estado.

Por exemplo, uma doença, perda de emprego, perda de uma pessoa querida ou um sofrimento maior que o dito problema. Geralmente, esses percalços nos fazem despertar para algo maior. E abrem nossa mentalidade, mudam nossos conceitos com relação às situações da vida e ampliam nossos horizontes. Fazem-nos acreditar mais em nosso potencial e nos permitem sonhar mais.

Já outros, não acordam jamais. Viverão o resto da vida da mesma forma, acreditando que nada dá certo. Tendo pensamentos negativos e, obviamente, atraindo mais coisa ruim para suas vidas. Mesmo que acontecessem ótimas oportunidades, não as enxergariam, pois não estão abertos para isso.

Mas temos que focar nas pessoas que conseguem se desprender dessa força negativa. Temos muito a aprender com elas. Mesmo tendo o dito clique, e também ainda que entrem em uma curta fase de pensamentos negativos – o que é normal –, algo nessas pessoas é mais forte que o vício do sofrimento, e conseguem a superação.

Temos que ter uma força mental grande ou, na verdade, acreditar numa força maior que nos rege e só quer nossa Felicidade. Eu, particularmente, acredito nisso. Precisamos acreditar que tudo nos acontece para melhor, para nosso crescimento, nossa evolução e maiores momentos de Felicidade. Mas isso não quer dizer que, mesmo acreditando nessa força vital, não tenhamos que fazer o exercício diário de mentalização positiva; de não nos deixarmos abater pelas coisas que não conseguimos, ou pelas situações não concretizadas da forma como gostaríamos. Todo dia é uma batalha a ser vencida! Mas, aos poucos, isso vai fazendo parte de você e começa a se tornar mais natural. Até sofremos, mas é um sofrimento diferente. Não nos domina totalmente. Os problemas continuam e sempre continuarão, mas lá no fundo, você já é outra pessoa. A atitude interna é que muda! Sua maneira de encarar a vida.

Que tal você tentar?

Eu já comecei.

Alessandra Dietrich Viotti  é estudante da S.E. Nova Era. [email protected]

\"\"

 


Continue no Canal
+ Reflexões