Ainda vale seguir Kardec depois de 215 anos de seu nascimento?
Dora Incontri Homenagear Kardec no dia do seu aniversário é tecer reflexões sobre a pertinência de ainda nos dizermos espíritas kardecistas em pleno século XXI, quando muitas das ideias defendidas
Kardec nas telas brasileiras – um filme e um documentário
Por Dora Incontri  Kardec deve ser sim cada vez mais estudado. 
Entre o Kardec dos acadêmicos e o Kardec dos espíritas – onde está Kardec?
Dora Incontri Nas últimas décadas, tanto nos Estados Unidos, como na França e no Brasil, os três países mais ligados historicamente ao espiritismo, os estudos acadêmicos sobre seu nascimento, desenvolvimento
A palavra dos Espíritos e o argumento de autoridade
Dora Incontri O que caracterizava o pensamento medieval – o que significa dizer, um pensamento em que a razão deveria ser submetida à fé – era o argumento de autoridade.
A maratona de 2017 e a mensagem de Natal
Dora Incontri O ano de 2017 foi uma maratona, em que todos corremos e suamos, nos desesperamos às vezes, desanimamos outras, intensificamos nosso esforço outras tantas… O mundo está mergulhado
Acolhimento mediúnico
Yara Simões E depois de muito tempo e inúmeros convites de Dora Incontri, cá estou, escrevendo para o Blog da ABPE. E, para essa minha estreia, nada melhor que falar
Suicídio revisitado
Dora Incontri Quadro A Melancolia de Edvard Munch Há muito queria escrever algo sobre o suicídio e aproveito esse setembro amarelo, em que se faz uma campanha nacional de prevenção
Velhice: melancolia e obsessão ou serenidade e elevação?
Dora Incontri Dedico esse texto a meu pai, que em grande parte está vivendo uma velhice bem vivida. Ainda tem que ajeitar algumas coisas, mas que não ajeite muito rápido, para não
Jesus, a Páscoa e o momento de ódio em que estamos mergulhados
  Por Dora Incontri Não posso deixar passar essa Páscoa, sem uma reflexão sobre seu personagem principal, para quem se considera cristão. E nesse momento de grande tumulto no Brasil
Como não transformar indignação em ódio?
Por Dori Incontri   Partilhei hoje na minha página do Face uma foto de um membro da polícia militar com a arma em punho diante de uma estudante desarmada, em
Do terror à lama, tudo podemos lamentar. Mas o que fazer?
Por Dora Incontri Como não chorar por todas as dores, sem menosprezar nenhuma, dessas que infestam o mundo? A dor das mães, cujos filhos morrem violentamente, é igual: sejam elas
Como viver, mais que sobreviver, em tempos de crise?
Dora Incontri Não dá para esconder de nós mesmos que estamos num momento de crise. O momento é amplo, histórico, de crise de valores, de esperança, de estruturas sociais, econômicas
Newsletter

Assine e receba informações da S.E. Nova Era e do portal

CMM Interativa Administra a Nova Era na Internet

Sites e blogs responsivos, redes sociais e conteúdos para empresas e ONGs